MINISTÉRIO PÚBLICO OBTÉM SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DA EMPRESA “DESPACHANTE EXPRESS”

O Ministério Público de Peruíbe ofereceu denúncia contra Matheus de Oliveira Martins, proprietário da empresa “Despachante Express”, por crime de estelionato.

Afora o crime informado acima, Matheus é investigado por diversos outros delitos de estelionato, além de ser réu em diversas ações cíveis que tramitam pela Comarca. Em todos os casos, Matheus utiliza de seu estabelecimento comercial para lesar os consumidores, principalmente os mais humildes.

O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE, dentre outras medidas cautelares diversas da prisão (o que, na prática, serve como uma contraprestação para que o acusado responda ao processo em liberdade), requereu a fixação de fiança no valor de 10 salários mínimos e a suspensão da atividade econômica desenvolvida pela empresa “Despachante Express”, tendo esses pedidos sido deferidos pela Juíza de Direito da 2ª Vara Judicial.

Caso condenado, Matheus pode cumprir pena de 01 a 05 anos de reclusão.

Diante da peculiaridade do caso, o MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERUÍBE solicita à população prejudicada ao contratar com este agente a gentiliza de comparecer ao atendimento ao público no Fórum ou à Delegacia de Polícia, munidos do contrato e dos recibos de pagamento, além dos documentos pessoais.

 

estelionato

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s