TRIBUNAL DO JÚRI DE PERUÍBE CONDENA ACUSADO DE MATAR SUA CONCUBINA

Na tarde de ontem, em julgamento realizado na Câmara Municipal de Peruíbe, Edmilson Benedito de Lara (59 anos) foi condenado à pena de 16 anos e 04 meses de reclusão pela morte de sua concubina (que à época possuía 41 anos), ocorrida em 09 de outubro de 2011.

Mais uma vez, o Tribunal de Júri de Peruíbe se deparou com um homicídio relacionado ao drama enfrentado pelas mulheres vítimas de violência doméstica.

Segundo o apurado, Edmilson, por não se conformar com o rompimento da relação extraconjugal que já durava 13 anos (o casal possuía inclusive 01 filha em comum), matou sua concubina com diversos socos.

As agressões físicas praticadas por Edmilson contra a vítima eram corriqueiras e reiteradas. Na penúltima delas, ocorrida 03 dias antes do homicídio, Edmilson chegou a fraturar o braço e a quebrar dois dentes da vítima.

Submetido à Júri Popular na tarde de ontem, os jurados acolheram os argumentos do Ministério Público de Peruíbe e condenaram Edmilson por homicídio duplamente qualificado (emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima).

Diante do veredicto a que chegou o Conselho de Sentença, o Magistrado que presidiu a sessão aplicou uma pena de 16 anos e 04 meses de reclusão, a ser cumprida em regime inicial fechado.

Juri Edmilson concubina

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s