Esclarecimentos sobre a matéria veiculada na TV Bandeirantes

O Ministério Público de Peruíbe informa que, ao contrário do que foi divulgado pela mídia, não há seis estupradores soltos em nosso Município. Acerca dos fatos noticiados em rede nacional, foi instaurado inquérito policial, o qual tramita em segredo de justiça, razão pela qual maiores informações não podem ser divulgadas.

Contudo, com o fim de evitar que o pânico se instaure em nosso Município e também visando à garantia da ordem pública, o Ministério Público tem o dever de informar aos munícipes e aos turistas que virão curtir o Carnaval em Peruíbe, que na verdade somente um rapaz (e não seis) está sendo investigado por supostamente ter praticado atos sexuais com apenas uma menina de 15 anos (e não três), sendo que, também ao contrário do que divulgado pela mídia, não foi o investigado quem forneceu bebidas a ela e muito menos foi ele quem a levou para a tal festa. Portanto, o cenário pintado pela mídia não corresponde à realidade fática.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Esclarecimentos sobre a matéria veiculada na TV Bandeirantes

  1. Samia disse:

    Se aproveitar de uma situação pra cometer o ato é o que então???
    Bando de oportunistas…Não sabia que uma pessoa fazer sexo sem querer não se pode considerar estupro.
    Ridículo esse post

    Curtir

    • mperuibe disse:

      Compreendemos a sua indignação, Samia. De fato, se ficar comprovado que alguém se aproveitou de outra pessoa que não podia oferecer resistência para praticar atos sexuais, esse alguém certamente será punido. O post em nenhum momento teve a finalidade de desvirtuar o conceito do estupro – crime abjeto e cruel -, o objetivo foi apenas evitar que a matéria veiculada causasse pânico à população, notadamente aos pais de meninas. Enfim, o inquérito está tramitando e você pode ter certeza de que a Justiça será feita.

      Curtir

  2. anonimo disse:

    Essa é a verdade, a midia fala muita coisa que nao é verdade so para chamar atencao das pessoas, eu sei de toda a historia e estou farta de tantas mentiras. Alem de tudo o que ja aconteceu, essas coisas so vao deixa-las humilhadas e mais abaladas com tudo isso

    Curtir

  3. Bárbara Bispo disse:

    Como assim só um está sendo investigado ????? Se varias pessoas estiveram na casa com as menores . Elas podem ter perfeitamente ingerido bebida dada por eles , porque escrever esse artigo que praticante inocenta cinco dos involvidos , uma vez que as investigações ainda estão no início .

    Curtir

  4. Ana Cristina Bispo disse:

    Desculpe,lendo esse artigo e após ver a matéria fica claro que o conteúdo desta nota é completamente precipitada,uma vez que as investigações mal começaram não podendo se concluir nada.Esperamos como sociedade que o ministério publico defenda nossos interesses.

    Curtir

    • mperuibe disse:

      Mais uma vez o Ministério Público esclarece que o objetivo do post foi apenas evitar que o pânico se instaurasse em nosso Município. Caso fique comprovado que o averiguado (ou os averiguados) praticou(aram) algum ato sexual contra alguma(s) menina(s) vulnerável(eis), certamente ele(s) será punido na medida de sua culpabilidade. Podem contar com o Ministério Público.

      Curtir

  5. Elisabete disse:

    É importante lembrarmos que para a Cidade não é lindo mesmo ter este tipo de noticia ou como foi dito “criar pânico” não é lindo, acredito que a maior “beleza”, “transparência” é o fato de que a justiça precisa ser acima de tudo atuante e deve ser feita no sentido pleno.

    1º independente da idade o fato da ação não ser consentida por ambos e ter sido praticada, conforme foi dito na reportagem é estupro.

    2º sobre a quantidade de pessoas a serem investigadas, até o momento quantas foram? Porque foi dito a quantidade de pessoas envolvidas e nem todas foram ouvidas, interrogadas e investigadas. Se a mídia errou na quantidade, quem tem certeza que foi só um? Se não esteve presente…. E quem garante que dentro da casa não ocorreram atos que pode se configurar estupro de vulnerável em relação a outra menina?

    3º Fica fácil para quem esta de fora opinar contra ou a favor para muitos, não é? Imaginem se isto ocorre em nossas famílias, com nossos filhos e ai o discurso mudaria?

    4º Cadê os envolvidos e porque até agora não foram ouvidos, interrogados? Como diz a nossa defensoria publica 1 (um) esta sendo investigado, mas no ato da denuncia ninguém foi detido para averiguação, isto é o que repercute na Cidade e ai cadê os direitos? Me diz aonde esta a lei? Ah creio que nos papeis principalmente. Porque na situação no ato da denuncia seria bem mais fácil e rápido se tivessem detido os que foram denunciados, ou estou errada? Foi um acusado apenas?

    E por fim deixem a cidade mais linda, limpa e digna. Façam a justiça de forma que cada um que fez mal a quem quer que seja e principalmente a esta menina ou a estas pague. Nada mais justo e de direito ou não é isto que diz o nosso código?

    Espero que entendam a minha indignação pois como muitos, creio que se a justiça do homem não for feita, tenham certeza que a justiça divida já foi providenciada.

    Pois isto é triste demais. Dói e indigna a cada pensamento que tenho sobre esta situação e como esta família deve estar sofrendo e principalmente a ou as vitimas.

    Ass. Elisabete Maciel
    18/02/15

    Curtir

  6. andressa disse:

    Nossa q vergonha.. Isso. Se a midia mostrou sinal q e verdade..
    e pq estao se adiantando nas concluçoes????
    Poderia ser a filha d qualquer um de nós…..
    VERGONHAAAAA!!!!

    Curtir

  7. Monica disse:

    Boa noite!
    Gente,primeiramente eu acredito que o Ministerio Público
    seja o maior interessado em que se faça justiça!
    Não sejamos inocentes a ponto de acreditar em tudo o que
    a mídia (principalmente a mídia sensacionalista)diz!
    Quem realmente conhece e investiga os processos é o Ministério
    Público,portanto,somente este órgão pode legitimar defesas e acusações!
    Temos que começar a confiar em quem realmente preza pelos interesses
    do cidadão e não em mídia sensacionalista que visa apenas audiência sem
    se importar com o sofrimento e exposição alheia e sem checar se as informações
    dadas são legítimas!
    Não estou aqui defendendo nenhum dos lados,até porque não conheço ninguém,
    e não conheço o processo,mas alguém se deu ao trabalho de ir ao MP saber se tais
    Informações procedem?Pensem nisso!Não sejamos fantoches manipulados por
    mídia e governantes mal intencionados!Vamos exercer nosso dever de cidadão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s